30 of julho de 2007

Press Release

Institucional, Releases Postado por

SÃO PAULO, SP – BRASIL (Julho, 2007) – A empresa de marketing contextual boo-box anunciou hoje uma rodada de investimento de US$ 300 mil liderada pelaeu Monashees Capital, empresa de capital de risco focada em novos negócios. O investimento será utilizado para financiar o estabelecimento do negócio e a expansão da sua linha de produtos. A boo-box é a primeira empresa brasileira de web 2.0 com ambições globais a anunciar um investimento por parte de uma empresa de capital de risco. Desde o lançamento de sua versão beta em janeiro, a boo-box tem sido citada em diversos meios especializados por sua solução de marketing contextual inovadora, tendo sido analisada positivamente pelo renomado blog norte americano de tecnologia TechCrunch.

Sobre a boo-box

A boo-box pretende revolucionar a forma como produtores de site rentabilizam seu conteúdo, oferecendo soluções tecnológicas que permitem associar elementos de conteúdo a material de marketing e ofertas de produtos. Tudo isso adotando inteligência natural no processo de contextualização.

O time da boo-box é composto por profissionais altamente capacitados e motivados, liderados pelo fundador da empresa e CTO Marco Gomes e pelo CEO Marcos Tanaka. Marco Gomes é um programador experiente e já trabalhou como líder da equipe de desenvolvedores de interface para um player global do mercado de publicidade online. Marcos Tanaka é um estrategista, tendo trabalhado como consultor de negócios para equipes de executivos de algumas das maiores empresas presentes no Brasil.

Visite a boo-box no endereço: www.boo-box.com

Sobre a Monashees Capital

A Monashees Capital (MC+) é uma empresa de Venture Capital com foco em negócios de crescimento rápido, movidos pela tecnologia, conteúdo ou processos inovadores. A MC+ trabalha com visão de longo prazo, autonomia, agilidade e foco na agregação de valor às empresas do portfolio. O objetivo da MC+ é construir empresas que revolucionem mercados, particularmente nas áreas de mídia e entretenimento, educação, ciências da vida e tecnologia, através de parcerias de longo prazo com empreendedores fora-de-série.