19 of abril de 2012

Faça seu blog crescer com a ajuda da boo-box

Pimp your blog, Publishers Postado por

Nosso post de hoje para publishers foi escrito pelo nosso Product Champion, da área de Publishers da boo-box, Paulo Henrique Alkmin. Veja as dicas dele para ajudar seu blog a crescer:

Volta e meia damos dicas no nosso blog para que os nossos publishers aumentem sua audiência, tenham mais visitas em seus blogs e façam cada vez mais sucesso. O motivo para isso é simples: estamos genuinamente interessados em ver nossos publishers tendo cada vez mais audiência e ganhando cada vez mais dinheiro com a boo-box.

Infelizmente, é muito comum encontrarmos blogs com potencial altíssimo, mas que acabam não atingindo nem 10% de toda essa audiência por diversos motivos, como: servidores que não aguentam tantas visitas, blogs sem um sistema de cache devidamente configurado, plugins que consomem muitos recursos e até mesmo layouts pouco práticos.

Além do mais, vamos combinar, a vida de um blogueiro não é fácil: além de buscar pautas, se inspirar e finalmente escrever um post, ele também precisa entrar em contato com agências, responder comentários, atualizar o WordPress e seus plugins, criar media kits, analisar o volume de visitas e mais um sem-número de outras tarefas que consomem um tempo considerável.

Pensando nisso, vamos fazer também posts com dicas mais técnicas para os nossos publishers. Coisas que nós, da área de publishers da boo-box entendemos muito bem: nós também temos blogs, também somos publishers, e sabemos muito do que precisa ser feito para seu blog sair disso:

E chegar nisso:

Por exemplo, você sabia que é possível melhorar sensivelmente a velocidade de carregamento do seu blog usando subdomínios? A mágica é simples: por padrão, os navegadores atuais carregam no máximo de dois a quatro arquivos por vez do mesmo domínio. Se o seu blog tem muitas imagens (nos posts ou nos layouts), o tempo de carregamento aumenta, pois é necessário baixar um grupo de imagens para começar a carregar outro.

Colocando as imagens em um subdomínio (ou em um domínio diferente), a situação muda: o navegador irá carregar os arquivos tanto do domínio principal quanto do subdomínio ao mesmo tempo, tornando o carregamento da página muito mais rápido – obviamente, o ganho de velocidade vai depender da quantidade de imagens que você usa em seu blog.

E como fazemos isso? Primeiro criamos um subdomínio (como isso é feito depende de hospedagem para hospedagem, mas normalmente é um processo simples). Crie com um nome fácil de lembrar, como imagens.dominio.com. Lembre também de apontar esse subdomínio para  a pasta em que as imagens já estão hospedadas no seu blog.

Com o subdomínio criado, é hora de configurar o WordPress para puxar as imagens de lá. No painel de administração, vá até Configurações > Mídia, e configure os campos como no exemplo abaixo

E… Pronto! Seu blog já estará carregando as imagens de outro domínio e mais rapidamente. Se você possui um pouco mais de habilidade (ou conhece alguém para mexer no seu blog), também pode tentar duas outras modificações. No banco de dados, execute o seguinte comando (lembre de mudar os valores para o seu domínio):

UPDATE wp_posts SET guid = REPLACE(guid,’http://seudominio.com/wp-content/uploads/’,’http://images.seudominio.com/’)

Isso fará com que todos os posts salvos anteriormente já peguem as imagens no novo endereço. Além disso, precisamos avisar o Google e outros mecanismos de busca que as imagens mudaram de endereço. Para isso, adicione a linha abaixo no arquivo .htaccess de onde está instalado seu blog:

RedirectMatch 301 ^/wp-content/uploads/(.*)$ http://images.yourdomain.com/$1

Essa linha fará com que qualquer um tentando acessar as imagens pelo endereço antigo acabem indo parar automaticamente no novo. Parece difícil, mas é uma alteração que leva poucos minutos para ser feita e já garante uns segundos a menos na espera para carregar, deixando seus visitantes mais felizes. :)

Continuem acompanhando nossas dicas e não deixem de enviar suas dúvidas!

 

  1. Adriano Matos | abril 19, 2012 @ 17:15 - Responder

    Legal a dica, apesar de não ser aplicável ao meu caso, por estar no Blogger. Porém acredito que por lá isso aconteça por padrão. Porém quando leio dicas assim, me pergunto se eu deveria estar no WordPress, para ter acesso a um maior número de personalizações…

  2. Alemay Sabetudo | abril 20, 2012 @ 18:23 - Responder

    Muito bom essas dicas, estou adapitando em meu site Alemay Sabetudo.
    Parabens

  3. Helio Jenné | abril 20, 2012 @ 19:10 - Responder

    E no caso do Blogger? Qual a sua sugestão?

  4. Denis Salviano | abril 20, 2012 @ 19:35 - Responder

    Pessoal , ali onde tá…

    UPDATE wp_posts SET guid = REPLACE(guid,’http://seudominio.com/wp-content/uploads/’,’http://images.seudominio.com/’)

    nao deu certo comigo nao , ai usei …

    UPDATE wp_posts SET post_content = replace
    (post_content, ‘http://seudominio.com/wp-content/uploads/’, ‘http://images.seudominio.com/’);

    e deu certinho, eu tava com preguiça de pesquisar! ai chegou o email eu dei uma animada , deu um pouquinho de trabalho pq esse nao deu certo, mas o outro que usei deu, quem fez comenta ai tbm!

  5. Rangel | abril 20, 2012 @ 22:10 - Responder

    Excelente publicação, as dicas são excelentes embora estejamos um pouco perdido devido ao fato de não utilizarmos a plataforma wordpress, a bem da verdade é um grande milagre meu site está no ar, já que como foi mencionado no post o tempo é nosso inimigo ferrenho, sem contar que, no meu caso faço o trabalho de edição… trocando em miudos, somos “webmaster, editor, redator… etc, etc, etc… Na oportunidade queremos deixar nosso parabéns à equipe pela força no que concerne a preocupação em ajudar-nos, um grane abraço…

  6. Cosme | abril 20, 2012 @ 23:13 - Responder

    Ótimo post, nunca passaria por meus pensamentos que um subdomínio auxilia no carregamento das páginas. Tentarei seguir essa dica e tenho a certeza de que dará certo, pois tenho total confiança em vocês da boo-box.

  7. ProcureAqui | abril 21, 2012 @ 7:04 - Responder

    Não se esqueçam de dar cidas pra a plataforma blogger, de qualquer modo o artigo ficou muito bom, realmente é muito importante otimizar o carregamento de nosso blog, para que dessa forma se obtenha menos desistências.
    Ótimo artigo.

  8. Rogerio | abril 21, 2012 @ 7:59 - Responder

    Caro Paulo,

    Excelente artigo, muito bem explicado!

    tenho uma outra duvida, que é uma extensão de seu artigo, veja:

    Como tenho um banco de dados de imagens muito grande em meu portal, gostaria de não só fazer uma subdomínio para as imagens, e sim pegar cada categoria do portal, e fazer uma subdomínio para cada uma delas, exemplo: Tenho a categorias CARNES, então faria um subdomínio para a categoria CARNES, e assim para todas as outras categorias que tenho. Conforme meu Host, tenho espaço para criar quantos subdomínios desejar. Para mim, nem sei se bastaria somente um subdomínio de imagens, devido ao grande volume.
    Portanto, se pode fazer isso, e como fazê-la nesse caso ?

    Agradeço desde já, e novamente lhe parabenizo pelo ótimo artigo !

    Rogerio

  9. Adriano Lucas | abril 21, 2012 @ 12:17 - Responder

    Muito bacana. Eu que não entendo muito consegui fazer. Mas meu tema é dinamico, ainda tenho q procurar fazer uns ajustes na homepage.

  10. Sebastiao | abril 21, 2012 @ 12:44 - Responder

    ola exelentes dicas continuem assim vai ajudar muita gente.
    abraços

  11. Rubens Cavalheiro | abril 23, 2012 @ 16:55 - Responder

    O WP já vai mandar as futuras publicações para este novo local? Como fica o acesso para submeter as imagens (acesso ftp desse novo local), é só fazer isso que o WP se adapta sozinho?

  12. Johnny C | abril 24, 2012 @ 10:58 - Responder

    fenomenal! apanhei um pouco porque quando eu colocava “http://dominio” o phpmyamin dava erro, falando que tinha algo errado na sintaxe do SQL em “://dominio”… ai mudei pra procurar “wp-content” e trocar por “content.dominio” e funcionou =) e, aparentemente, o site tá carregando MUITO mais rápido! valeu pela dica Paulo!

  13. Eduardo | abril 27, 2012 @ 11:55 - Responder

    Parece que fica bem dificil no blogspot do Google ou não estou sabendo lidar com o assunto em questão!
    Será que não poderiam passar informações, se for possível, de como executar no blog do Google?

  14. Fabiano Matos (LicoSp) | abril 27, 2012 @ 17:10 - Responder

    Faltou falar sobre estas alterações e o uso do timthumb.php. Ao usar um outro domínio, normalmente pode haver problemas no acesso, necessitando alterações na configuração dele.

  15. Denis Salviano | junho 13, 2012 @ 20:20 - Responder

    Fabiano Matos (LicoSp), se voce arrumar as configurações de midia (seublog.com/wp-admin/options-media.php) não precisa mexer em mas nada, se fizer do jeito que eu citei acima!